Objetivo Geral

Acolhimento provisório e excepcional para crianças e adolescentes de ambos os sexos, inclusive crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, prioriza-se a manutenção dos vínculos de parentesco buscando atende-los na mesma unidade, bem como o favorecimento da convivência familiar e comunitária.

Objetivos Específicos

• Contribuir para a prevenção do agravamento de situações de negligência, violência e ruptura de vínculos;
• Restabelecer vínculos familiares e sociais;
• Possibilitar a convivência Comunitária;
• Promover acesso à rede socioassistencial, aos demais órgãos do sistema de garantia de direitos e às demais politicas públicas setoriais;
• Favorecer o surgimento e o desenvolvimento das aptidões, capacidades e oportunidades para que os indivíduos façam escolhas com autonomia;
• Promover o acesso a programações culturais, de lazer, de esporte e ocupacional interno e externo, relacionando-as a interesses, vivências, desejos e possibilidades do público atendido;
• Acolher e garantir proteção integral;
• Preservar vínculos com a família de origem, salvo determinação judicial em contrário;
• Desenvolver com os adolescentes condições para a independência e o autocuidado.

Metas

Acolher crianças e adolescentes que possuam seus direitos violados, no intuito de assegurar o pleno desenvolvimento dos infantes e retorna-los sempre que possível, ao convívio familiar e comunitário. A meta esta sendo comprida tendo em vista que todas as crianças e adolescentes atendidas, em pleno desenvolvimento biopsicossocial enquanto aguarda decisão judicial sobre possibilidade de retorno a família de origem, colocação em família substituta ou quando esgotadas todas as possibilidade serão encaminhadas para adoção.